A ATUAÇÃO DO ADVERSÁRIO

I. ELE É APRESENTADO COMO:

a. Tentador: A Bíblia focaliza-o como perturbador da dimensão existencial e psicológica, estimulando áreas da psique, tentando fazer com que esta se volte contra o projeto de Deus. Exemplo: Mateus 4.3-10.

b. Aquele que distorce a verdade da visão da cruz; aquele que é capaz de transformar a revelação de Deus numa teologia humana.

EXEMPLOS:

A revelação - Mt. 16.16b,17

A teologia - Lc. 9.22

O desvio - Mt. 16.22

A correção - Mt. 16.23

Príncipe deste mundo – Jo. 16.11

Deus deste século – II Co. 4.4

Patrocinador do ódio – II Co. 2.10-11

Homicida – Pai da violência – Jo. 8.44

Pai da mentira – Jo. 8.44

Mentor da hipocrisia religiosa – At. 5.1-3

Pai dos religiosos endurecidos – Jo. 8.44a

Articulador das divisões da igreja – Rm. 16.17-20

Requerente da vida humana – Lc. 22.3

Carrasco da vida humana – I Co. 5.5

Transformista (Camaleão espiritual) – II Co. 11.14

Atiçador de hostilidades contra a Igreja – Ap. 2.10

Grande dragão – Ap. 12.9

Acusador – Ap. 12.10

Perverter das nações do mundo – Ap. 20.7b-8a

Enganador religioso – I Tm. 4.1

II. CONCLUSÃO

         Somente com a proteção de Jesus Cristo e o poder do seu sangue, na unção do Espírito Santo para lutar contra este ser terrível chamado diabo.

Reflexão:

Melhor é o que se estima em pouco, e tem servos, do que o que se vangloria e tem falta de pão. Provérbios 12.9