A OBRA PASTORAL

      Textos: Provérbios 27.23

INTRODUÇÃO: A igreja de Cristo é o único objeto de sua suprema solicitude. (Dt. 32.9)

I. A OBRA DE UM PASTOR

a. Ele é um atalaia. (Ez. 33.1-7)

         - Da torre vê o perigo que se aproxima.

         - Deve estar alerta, porque os inimigos são muitos. (At. 20.28-30)

b. É um protetor e guarda

         - As ovelhas são indefesas.

         - Ele protege os jovens das muitas tentações.

         - Livra o trabalhador da taberna e jogo.

c. É um guia – Vai adiante

         - Muitos empurram em vez de guiar, por isso há muitas dificuldades.

         - As ovelhas necessitam de um guia na vida espiritual e nos empreendimentos missionários.

         - Um condutor fiel será seguido por suas ovelhas. (Sl. 23.12; Jo. 10.4)

d. É um médico e enfermeiro.

         - As ovelhas na igreja estão sujeitas às doenças físicas, mentais, espirituais e morais.

         - Deve saber aplicar o remédio. (II Tm. 3.16)

e. Deve alimentar o rebanho.

         - Só chicote não serve.

         - O Pastor que não alimenta seu rebanho tem contra si uma grave acusação. (Ez. 33.1-12).

         - Um bom pastor sabe alimentar suas ovelhas do púlpito e de casa em casa. (Sl. 23.2)

f. Tem amor pelas ovelhas ao seu cuidado. (Cl. 3.14)

         - Amor é a melhor virtude.

         - Onde fracassam os argumentos o amor vence.

II. QUEM É IDÔNEO? (II Co. 2.16; 3.15; 12.9)