ESCOLHENDO NOSSOS COMPANHEIROS

      Textos: Provérbios 13.20; Efésios 5.1-33

INTRODUÇÃO: “Companheiro sou eu de todos os que te temem”.

I. MAUS COMPANHEIROS

a. Os que estão em idolatria. (Js.  23.12-15; II Co. 10.14-18)

b. Os ímpios. (Pv. 4.14-15; Pv. 1.10-15)

c. Os néscios. (Pv. 9.6; Pv. 7.13-20)

d. Obreiros das trevas. (Ef. 5.11)

e. Os que ensinam doutrinas falsas. (II Ts. 3.6)

f. Maldizentes. (Pv. 20.19)

g. Amantes de si mesmo. (II Tm. 3.1-5)

II. COMPANHEIROS DESEJÁVEIS

a. Os que temem a Deus. (Sl. 119.63; Mt. 3.16)

b. Conselheiros piedosos. (Pv. 4.14-15; Pv. 1.10-15)

c. Os que fazem justiça. (Sl. 15.1-5; Sl. 24.3-5)

d. Puros. (II Tm. 2.19-22)

e. Humildes. (Rm. 12.16)

f. Aqueles que falam palavras com graça e edificação. (Ef. 4.29)