NÃO ENTRISTECEIS AO ESPÍRITO SANTO

Textos: Efésios 4.25-32

INTRODUÇÃO: Se realmente aceitarmos ao ensinamento bíblico, acerca da responsabilidade do Espírito Santo de Deus, não teremos problemas grandes em atribuir-lhes as características da personalidade. A Bíblia ensina que Ele é uma pessoa e que participa de muitos sentimentos e emoções comuns a personalidade.

I. UMA DESAGRADÁVEL POSSIBILIDADE

“Não entristeceis ao Espírito”

a. O Espírito de Deus pode ser entristecido. Ele pode ser facilmente entristecido a respeito de coisas específicas.

b. Como é entristecido o Espírito Santo?

Pela mentira (v.25);

Pela ira (v.26);

Cedendo a tentação (v.27);

Pelo roubo (v.28);

Por comunicação torpe (v.29);

Por relações interpessoais desordenada (vv. 31-32)

II. UM ASPECTO PARTICULAR

Consideremos o último ponto da lista anterior. As relações pessoais desordenadas.

  1. A presença de coisas que entristecem deverá ser retirada.

A amargura, ódio amargo.

O ódio. Os rápidos estouros de uma fervente cólera.

A gritaria. O ruído feito por pessoas que gritam uns aos outros numa briga.

A maledicência. O falar injurioso é caluniador a respeito do caráter de alguém.

Toda a malícia. Uma disposição maligna para outros.

  1. A ausência de certas coisas é entristecedora, e é por Ele que devemos revestir de tais coisas.

Dois rasgos de caráter.

         “Sede uns para com os outros benignos, agradáveis e benéficos”.

         “Compassivos, misericordiosos”.

Um princípio subjacente: “perdoando-os uns aos outros”.

         Devemos fazer isso “Como Deus também o perdoou a vós em Cristo”.

III. UM SÉRIO RESULTADO

  1. Uma relação contrária entre o Espírito e o cristão.
  2. O Espírito tem que cessar seus ministérios por meio de nós para passar um ministério para nós.
  3. Observe que o ministério do Espírito fica limitado em nós, mas que Ele não de nós.

IV. SOLUÇÃO

  1. Respostas sugeridas no texto: desfazer-se e vestir-se.

b.  Vem quando deixarmos o Espírito Santo, trabalhar em nossos corações e vidas.

CONCLUSÃO: É assunto muito sério entristecer ao Espírito Santo. É de maior importância corrigir a situação quando sentirmos que fizemos o que não poderíamos ter feito. A reta relação com o Espírito Santo é essencial por todas outras retas relações da vida.

E não entristeçais ao Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção. Ef. 4.40