O BARULHO DAS OVELHAS QUE DEVERIAM ESTAR MORTAS

Textos: I Samuel 15

 

INTRODUÇÃO: Deus sempre tem uma razão pela qual faz estas coisas, vejamos ou não. Deus não é um sanguinário matador. Sempre que atuou para exterminar povos no Antigo Testamento, foi porque estavam cheios de pecado e era necessário a ação, devido ao tratamento que eles haviam antes dispensado ao seu povo. O extermínio demandado aqui estava baseado em boas razões. (Ex. 17.8-16; Dt. 25.17-19; Nm. 24.20)

I. O MANDAMENTO

a. A sua origem estava em Deus.

b. A ordem era aniquilar totalmente este povo, sua cidade e todos seus bens.

II. O CUMPRIMENTO

a. Foi executado em parte.

b. Outra parte não se levou ao fim. (O barulho das ovelhas o revelou).

c. Se deu uma mentira para explicar. Pois a ordem não havia sido cumprida.

d. Deus revelou o que estava mal.

         Mostrou o mal da desobediência.

         Mostrou seu desagrado com a retenção daquelas coisas.

III. OS RESULTADOS

  1. O desprezo de Saul, esta foi a gota que encheu o vaso.
  2. A definitiva execução do mandamento original.

CONCLUSÃO: O Senhor demanda uma obediência completa. A desobediência é inaceitável.